Água mineral, “acessório” indispensável para todos os atletas

O clima das olimpíadas tem mexido com os brasileiros e até mesmo os mais sedentários, já estão se matriculando em aulas experimentais de diferentes esportes em busca de algum que se identifiquem. Para muitos, esse é, sem dúvidas, o maior legado deixado pela competição mundial, dessa vez realizada em solo brasileiro.

Tanto pra quem já é adepto de alguma modalidade esportiva quanto para quem ainda está ensaiando a possibilidade de abandonar o sedentarismo, uma dica é fundamental: mantenha seu corpo sempre hidratado.

Durante o exercício físico a produção de calor aumenta, elevando a temperatura corpo. Isso faz com que o organismo da pessoa perda muito líquido, principalmente através do suor, mecanismo de defesa que o corpo utiliza para não permitir que a temperatura eleve muito. Para evitar que isso aconteça só há uma solução, hidratar-se com frequência.

Quando um atleta está desidratado, a capacidade de performance dele diminui durante o exercício, devido ao aumento da frequência cardíaca e diminuição da pressão arterial, o que gera tonturas, dificuldades de concentração e problemas renais. Mas atenção: hidratar-se significa beber ÁGUA, não qualquer tipo de líquido, principalmente refrigerantes e sucos ácidos.

Ainda vale ressaltar que um atleta precisa evitar o consumo de álcool durante os treinos e competições, uma vez que bebidas alcoólicas reduzem significativamente a qualidade física, força, velocidade, equilíbrio e respiração.

Então se você está inspirado pelos nossos atletas olímpicos, fica a dica: seja em qualquer esporte, o “acessório” indispensável é o squeeze de água mineral. Beba água em abundância e treine firme, porque Tóquio 2020 vem aí! (Não custa nada sonhar, né?! Rs)