A responsabilidade também é sua

Durante muitos anos o papo do racionamento de água foi visto como exagero para alguns. O fato é que só se percebe a importância de cada pingo d’água quando não há nem um sequer para fazer as necessidades mais básicas de um ser humano.

É como se faltasse tudo de uma só vez. Não há como cozinhar, se você come algo industrializado, não há como lavar os pratos, tampouco escovar os dentes. Se for ao banheiro então, esquece! Lavar roupa? Nem pense! Enfim, não dá pra viver sem água.

Mas fala-se tanto em como economizar a água, como não demorar no banho, lavar a calçada com baldes ao invés de mangueiras, apertar forte as torneiras para não ficar pingando e blá blá blá, que não queremos, com esse artigo, “chover no molhado”, até mesmo porque nem chovendo está -seria muito bom se estivesse.

Por isso, apoiamos o desafio #nãochovenãolavo. Trata-se de uma campanha bem-humorada de conscientização e mobilização para a economia de água, nesse momento de crise, já que lavar um carro consome cerca de 500 litros de água.

É pouco em vista do momento tão complicado em que vivemos, mas, toda ajuda é bem-vinda. E aí, quem está conosco nessa?